in

QUAL É A ILUSÃO MAIOR QUE CRIA A RESISTÊNCIA À NOSSA UNIDADE? Amada do Sol, Sol…

QUAL É A ILUSÃO MAIOR QUE CRIA A RESISTÊNCIA À NOSSA UNIDADE?

Amada do Sol, Sol no que você é, a resistência maior é aquela do Desconhecido, que não pode ser colocado na forma, nem mesmo em questionamento, nem mesmo em referenciamento. O novo jamais é condicionado, o Desconhecido não se deixará, jamais, conhecer, enquanto você permanece no conhecido e em seus conhecimentos. Em seu ser, é o que você é, o Sol é a melhor representação disso, mas dele não resta, pelo menos, uma representação. Estar presente é desaparecer do que está na representação, é aparecer na nudez e na completude do Espírito.

A resistência decorre de sua própria presença nesse mundo, porque esse mundo é resistência, porque esse mundo é atrito, porque esse mundo não conhece e não conhecerá, jamais, a Liberdade em seu seio, mas conhecerá a Liberdade saindo de seu seio, não por um ato pessoal (porque nenhuma pessoa pode), mas, simplesmente, pela evidência da Dança, pela evidência da Graça e pela evidência do perdão. Assim, a resistência é a constituinte essencial na aparência desse mundo.

Sem resistência não há atrito, não há contrários, não há oposição. Esse mundo, no qual seus pés estão colocados, é um mundo resistente à Verdade, resistente à facilidade e à evidência da Luz. Nisso, você não é responsável, nisso, você não é culpado, nisso, há apenas que aquiescer, há apenas que superar, no Silêncio do ser, imóvel, no coração do ser, aí, onde se revela a Dança, aí, onde pode revelar-se o que põe fim às resistências, que não depende, de modo algum, do que é desse mundo, que há é a própria resistência à Vida. A resistência é comum a cada um, como ao nível do coletivo; ela é a mesma e porta o nome de ignorância, ignorância da Verdade, ignorância da Beleza.

Assim, a resistência não é uma questão de ninguém e, em definitivo, é uma questão de mundo, bem mais vasto e bem maior do que a ilusão da pessoa. O que há a ver não é desse mundo e, no entanto, percorre, também, esse mundo. É, portanto, a você que cabe ver, é, portanto, a você que cabe verificar a Verdade de sua Essência, que é facilidade e Evidência. Então, em nada acredite, nada espere, nada lamente, seja, simplesmente, desprovido de artifícios, desprovido de véus, seja o que você É, o Sol e, também, bem mais e bem mais vasto do que o Sol. Essa é a Verdade e não pode encontrar-se em qualquer sentido nem qualquer direção do que faz a pessoa e do que corrompeu esse mundo.

A resistência é o que esquenta, a resistência desse mundo e as resistências que podem aparecer no aparecimento do novo sobre o antigo, duram apenas um tempo porque, mesmo essa resistência desaparecerá diante de seu Espírito e de meu Espírito. Há apenas que ser novo e virgem de toda condição, de toda suposição e de toda projeção. Assim, aí onde você está, é o melhor lugar para viver a Vida e para viver o que você É e o que Eu Sou.

A Humildade é a chave disso. O Amor é a manifestação disso. Não aquele que se diz em palavras, não aquele que se diz em atenções, não aquele que se diz em olhares, mas aquele que emana, espontaneamente, livre de toda condição, livre de toda imposição e de toda resistência, aquele que emana ao centro do que você é, a partir do instante em que o que você tenha acreditado não exista mais. Esse tempo, esse tempo que se vive na superfície dessa Terra é o tempo privilegiado, no qual se posiciona cada um, em toda liberdade e em toda justiça, dele mesmo para com ele mesmo.

Assim, se a vida nesse mundo e sobre esse mundo é resistência, essa resistência tem fornecido o calor e a animação nesse mundo e sobre esse mundo, como em você. Eu sou a fonte do calor e não a fonte da resistência. Em si mesmo coloca-se e verifica-se a mesma afirmação. Assim, o que resiste faz apenas passar e é essa passagem, em si mesma, que é resistência. Não há que lutar nem opor-se, mas, bem mais, encontrar, sem procurar, as linhas de menor resistência ou as linhas de evidência que conduzirão você para Mim e que Me conduzem a você. A resistência é o medo, a facilidade é o Amor.

O Espírito do Sol junta-se ao seu Espírito, sem resistência, na Paz do Amor, na Paz da Essência.




Source

Comments

Leave a Reply

Laisser un commentaire

Votre adresse e-mail ne sera pas publiée.

Loading…

0

What do you think?

Christiane Singer Cuando algo te molesta no tienes que atacarlo ni siquiera p…

OMA (Aïvanhov) – Parte 1 – 29/Julio/2020 [II] : Recuerden que al cambiar de oru…